terça-feira, 29 de julho de 2014

Lançamento Editora Saída de Emergência: A VIAJANTE DO TEMPO


OUTLANDER - A VIAJANTE DO TEMPO de Diana Cabaldon.
  Sinopse oficial:

 "Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros. Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?" 

 * Mais de 20 milhões de livros vendidos. 
* Prêmio RITA de melhor romance.
* Adaptação para a TV tem estreia marcada para 9 de agosto nos Estados Unidos. 
* Média de 4,3 no Goodreads. 

Mais informações:

Editora: Saída de Emergência 
Coleção: BANG!
 Data 1ª Edição: 06/08/2014 
ISBN: 978-85-67296-22-7 
Nº de Páginas: 800 
Encadernação: Brochura – Capa Mole 
Sobre a autora: 

Diana Gabaldon cresceu em Flagsta no Arizona. De descendência mexicana e inglesa, diplomada em
Zoologia, Biologia Marinha e Ecologia, Diana continua ainda hoje a ocupar o topo das listas de livros mais vendidos com seus livros mais recentes.

sábado, 28 de junho de 2014

A VIDA QUER CORAGEM

Oi. 
 Recebemos um exemplar do livro 
A VIDA QUER É CORAGEM - A TRAJETÓRIA DE DILMA ROUSSEFF, A PRIMEIRA PRESIDENTA DO BRASIL 
de Ricardo Batista Amaral. Editora: Sextante, ISBN: 9788575427354

Quem leu primeiro foi minha sogra, por isso hoje teremos uma convidada no blog, ELIA BARCELLOS:

"Li o livro de um fôlego só. Viajei pelo tempo e lugares onde a juventude brasileira sonhou com um país melhor e mais justo.
O roteiro/biografia da personagem principal do livro confirma: no fim, tudo da certo.


A foto, na escada Palácio do Planalto, após a vitória, de duas autoridades supremas do país, sentados no mesmo degrau, é emblemática, para mim. Traduz: alívio, merecido descanso e uma virtude tão rara quanto valiosa: HUMILDADE.

A VIDA QUER É CORAGEM, a trajetória de Dilma Rousseff mostra que nada é por acaso, ao final de cada ciclo as peças se encaixam, numa sequência que tem a lógica da jornada dos que sabem por que caminham e onde querem chegar. 

A personagem principal é uma visionária consciente de sua missão: Proteger, amparar e cuidar das pessoas (PAC), principalmente das que mais precisam: os mais pobres, as maiores vítimas de discriminação.

Sempre vi preocupação com a discriminação das minorias, o que acho válido, mas e a exploração e discriminação das maiorias - os mais pobres e miseráveis, que além de discriminados, têm sido excluídos ao longo de séculos. Quando ela diz: "Nós, mulheres, nascemos com o sentimento de cuidar, amparar e proteger. Somos imbatíveis na defesa dos nossos filhos e de nossa família.", como presidenta, ela naturalmente tornou-se mãe de outro PAC: Proteger, Amparar e Cuidar do povo brasileiro, como matriarca imbatível, na defesa dos direitos de TODOS os filhos da Pátria.

Um Brasil mais justo sempre foi o sonho das maiorias. É um sonho coletivo que caminha para a realidade, e que deve ser conduzido com competência, fé, amor, coragem e HONESTIDADE."


Sinopse oficial: 
A trajetória pessoal da presidenta Dilma Rousseff e a história do Brasil moderno se entrelaçam numa grande reportagem. Do suicídio de Getúlio Vargas, quando era criança, ao golpe de 1964, quando se aproxima das organizações de esquerda. Da clandestinidade, prisão e tortura na ditadura militar, à luta pela anistia e pela redemocratização. O encontro de Dilma com Leonel Brizola, na fundação do PDT, e sua aproximação com Lula, durante o apagão e na campanha eleitoral de 2002. A chefia da Casa Civil, que assume em plena crise do mensalão, os bastidores da reeleição, a luta contra o câncer e a vitória nas eleições de 2010: uma história de resistência, esperança e coragem.

domingo, 30 de março de 2014

Battle Royale

Nossaaaa! Recebi um kit press da GLOBO LIVROS com um kit de sobrevivência e o livro BATTLE ROYALE de Koushun Takami. ISBN: 978-85-250-5612-2.

O livro é extremamente viciante e nos deixa tão dentro da história, que ficamos permanentemente num estado de alerta e tensão. 

Num futuro próximo o governo da Grande República do Leste Asiático possui um experimento militar chamado de "ATO BR" ou  "PROGRAMA" onde aleatoriamente uma classe inteira do nono ano do ensino fundamental (com jovens adolescentes entre 15 e 17 anos) é confiscada pelo governo.  

A turma em questão, deste ano é a Turma B da Escola de Ensino Fundamental Shiroiwa da Província de Kagawa. 42 alunos estavam felizes indo para uma excursão quando, de repente, todos ficam com sono e apagam. 

Nesse exato momento as famílias dos estudantes estão sendo avisadas que não verão mais seus filhos e caso os pais/tutores se exaltem (contra o governo) são estuprados ou/e mortos.
Quando os adolescentes acordam estão numa sala de aula desconhecida, de uniforme diferente, e com coleiras (que não conseguem tirar de jeito nenhum).  

Esta turma é levada à uma região do país onde viram peças de um jogo: Recebem um kit de sobrevivência com água, bússola, um mapa da ilha, um pouco de comida e uma arma (que pode ser desde um garfo, uma tampa de panela, uma foice ou até mesmo um revolver), e a principal regra é matar uns aos outros até restar apenas um (o vencedor).  Todos têm 48 horas para matar os colegas de classe ou morrer na tentativa. A coleira na verdade é um localizador. Portanto, se alguém tentar fugir da ilha, o governo saberá. Se nenhum aluno morrer em 24 horas, a coleira de todos explodirá e, assim, “O PROGRAMA” não terá nenhum vencedor. Desta vez o jogo é numa ilha deserta. Eles podem ficar nas casas, apartamentos, lojas, nas montanhas ou no farol ... muitos pensaram em se esconder para não ter que matar e muito menos morrer. Só que, para piorar as coisas, a ilha foi dividida em Quadrantes. A qualquer momento do dia ou noite pode acontecer de um ou mais quadrantes serem designados como áreas proibidas, obrigando os alunos, lá escondidos ou localizados, a saírem rapidamente, quanto antes. Alto-falantes, instalados pela ilha, informam os alunos quando um quadrante se torna proibido. Se o aluno não sair da área proibida, sua coleira será explodida. Tensão, tensão e mais tensão!

É uma história de violência, terror psicológico e imprevisível do inicio ao fim.

Será que os estudantes conseguem se rebelar contra o governo? Será que colegas e amigos, em função do terror e medo, vão se matar mesmo? Será que muitos vão deixar de lado seus princípios e pensar na auto preservação? Será que em meio a essa loucura toda vão conseguir manter sua racionalidade? Será que a violência é a maneira mais rápida de sair daquela situação? Será que conseguirão vencer o governo sozinhos?

Confesso que não curto livros de violência e não consegui chegar ao fim. Não conseguia dormir a noite, com as cenas de violência repassando na minha cabeça. É um livro que quando você o abandona, fica te chamando, apesar do conflito de interesses (curiosidade x medo da história).
Na 2ª e 3ª capa está o mapa da ilha divida em Quadrantes e as horas em que alguns deles tornam-se proibidos. E ao final de cada capítulo há uma contagem regressiva, que aumenta a tensão. Quantos será que restarão até a próxima virada de página???

Indico, pra quem não teme sangue e morte e violência! 

E pra quem gostou, há a versão Mangá e também o filme (considerado Cult).

Encontre-me




No início do mês de fevereiro recebi esse envelope da Globo Livros. Nooossssaaa fiquei MEGA curiosa e imediatamente comecei a procurar quem mais tinha recebido esta correspondência e do que poderia se tratar.

Claro que pensei: Livro! Mas sobre o quê? Pra qual público? Quando receberia?

 Enfim chegou o livro! Você vem? Claaaaro! Corri pra ler!

ENCONTRA-ME de ROMILY BRENARD. Editora: Globo Livros, ISBN: 9788525054531
Wick Tate é uma adolescente de 16 anos. Ela e a irmã de 11 anos, Lilly moram num lar adotivo (o terceiro que passam) após a mãe cometer suicídio e o pai, traficante de drogas, fugir da polícia. 
Wick está sempre desconfiando das pessoas e como prometeu cuidar da irmãzinha trabalha como hacker: é contratada por mulheres que querem descobrir se o marido/namorado está sendo fiel, se possuem passado podre ou sobre suas contas bancárias. Fazendo isso, consegue juntar dinheiro para poderem fugir, caso o pai apareça ou algo pior aconteça. 
Mas sua vida é virada de perna pro ar (mais uma vez) ao saber que uma antiga amiga, Tessa (não se falavam há anos), cometeu suicídio. E, pra complicar ainda mais as coisas, encontra um pacote na frente da porta de casa, com seu nome e dentro o diário de Tessa e um post-it escrito: ENCONTRA-ME.  

Um suspense emocionante! Eu não conseguia parar de ler. Li em 2 dias. Fui até as 3 da amanhã no primeiro dia. Tive que parar por que sabia que as crianças iriam acordar as 7 hrs e daí eu não ia ter pique pra ficar com eles. No outro dia coloquei-os pra dormir cedo, pra poder continuar a ler! Hehehe!
Sabe quando o texto fala, tipo: 'a mocinha morde o lábio' e você percebe que está fazendo igual? É assim. Fiz isso o tempo todo. 
Antes de cada capítulo há um trecho do diário da Tessa. Não aparecem em ordem cronológica, só servem pra aumentar mais o suspense e nos deixar com ainda mais dúvidas sobre a morte, sobre as suspeitas de Wick, sobre a escola, a psicóloga, sobre seus amigos e seu pai e meio que bagunça (brinca com) as teorias que o leitor faz ao terminar de ler o capítulo anterior. 
Adorei e recomendo para os adolescentes/adultos que adoram um bom suspense.
Recomendo. Fica a dica!




quarta-feira, 26 de março de 2014

O PORCO ENTRE OS PEIXES

O PORCO ENTRE OS PEIXES de JASMIN RAMADAN, Editora: 8Inverso, ISBN: 9788562696275
Stine é uma típica adolescente alemã, tentando saber quem ela realmente é. Sua mãe a abandonou quando nasceu e foi criando por um pai sonhador e uma madrasta permanentemente bêbada e infiel. Tem uma tia homossexual e uma vó severa e amarga. O livro mostra um recorte da vida de Stine: experiências com drogas, vida sexual, o primeiro amor, desilusões, frustrações, o sentimento de solidão, dúvidas e medos (principalmente de lugares fechados).
Sonha em conhecer a mãe, mas não sabe exatamente onde achar uma pista do seu paradeiro (até no Google procura). Sonha em vivar uma artista (desenha muito bem), tem vontades de seguir seu destino, fazer outras coisas, mas com medo de magoar o pai, não sai de casa e trabalha na lanchonete da família, embora não goste nem um pouco. 
O livro chama-se O PORCO ENTRE OS PEIXES porque num jantar a vó de Stine serve carpas e explica que aquele tipo de peixe é onívoro, come tudo o que vê pela frente, como se fosse um porco entre os peixe . Depois compara às pessoas, dizendo que também somos assim. Engolimos tudo pela frente, somos capazes de nos habituar com o que a vida nos oferece, que nem sempre é o que desejamos e gostamos.
 O livro ainda trata de multiculturalismo, identidade, escárnio às convenções sociais e busca de autoconhecimento.


terça-feira, 28 de janeiro de 2014

ENFEITIÇADAS - AS CRÔNICAS DAS IRMÃS BRUXAS I

 Recebi um kit do livro ENFEITIÇADAS da escritora JESSICA SPOTSWOOD. Primeiro volume da trilogia AS CRÔNICAS DAS IRMÃS BRUXAS.  Editora: Arqueiro. ISBN: 9788580412307

O livro é muito bom. Um romance cheio de encantos, aventura, bruxaria e paixão. É o tipo de livro que,  quando você termina, quer logo comprar o segundo e terceiro volume pra matar a curiosidade de vez. E haja paciência ( e unhas) pra esperar o lançamento deles!!! 

No século XIX, uma sociedade é governada pela Fraternidade, instituição basicamente masculina, autoritária, que pune qualquer suspeita de bruxaria com a prisão, a internação num hospício ou a morte.
Nesta sociedade as mulheres são submissas, obedientes e inferiores e ao completar 17 anos, toda jovem precisa decidir entre se casar ou abraçar a Irmandade – braço feminino da Fraternidade. Cate, a protagonista da história, é bruxa e está a poucas semana de decidir seu futuro. Mas tudo muda ao encontrar o diário de sua falecida mãe. Nele ela descobre uma profecia que diz que antes da virada do século XX, três irmãs bruxas chegarão à idade adulta. Uma delas será a bruxa mais poderosa que já existiu, ela terá o poder da magia mental e precisará fazer um sacrifício para mudar o rumo da história: ou para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas, ou um segundo Terror.
Será que ela e suas irmãs são as bruxas da profecia?  
Cate, possui 2 irmãs bruxas, são órfãos de mãe, moram com 2 empregadas e um pai, que passa mais viajando que dentro da própria casa com suas filhas. O pai não sabe que elas são bruxas. Cate vive num turbilhão de pensamentos, num labirinto de decisões e conflitos. E pra complicar a história fica dividida entre o amor de um amigo de infância e o novo jardineiro. Quem será que ela irá escolher? Será que ela pode escolher?
Muito cativante, não conseguia parar de ler. 
Esta era eu:
O texto é envolvente e flui. Você realmente entra pra dentro da história. Recomendo pros Teens que adoram romances e bruxaria!


sexta-feira, 1 de novembro de 2013

O HISTÓRICO INFAME DE FRANKIE LANDAU-BANKS

O HISTÓRICO INFAME DE FRANKIE LANDAU-BANKS de E. LOCKHART. Ediotra Seguinte, ISBN: 9788565765206.

Acabei de ler e estava louca pra contar pra vocês!

A história é muito envolvente, não conseguia parar de ler!

 Frankie Landau-Banks é a caçula da família. Seus pais são separados e ela é tratada como uma princesinha.
O verão lhe fez bem: transformou a menina sem graça numa jovem mulher cheia de curvas, embora tenha apenas 14 anos.
Com esse novo layout ela volta às aulas para seu segundo ano na tradicional e competitiva Alabaster, um colégio interno para a elite americana, onde o networking é fundamental. 

 Matthew Livingston, o cara mais popular do colégio, fica louco por ela e ela encantada com toda turma dele (mesmo não gostando de algumas atitudes do grupo, se encanta com o poder que eles têm).

O problema é que  Frankie quer mais! Sempre questionadora, ela não se conforma que, por ser garota, não pode entrar numa ordem secreta que existe há muitos anos na escola: trata-se da Leal Ordem dos Bassês, que promove pegadinhas no campus do colégio.  Frankie não suporta a ideia de ser deixada de fora (como qualquer adolescente ela não quer ser excluída e tem pavor de situações de cunho machistas e questiona o que é mesmo ser rebelde). Quando ela descobre que seu namorado faz parte da ordem e, ele não conta nada pra ela, Frankie bola um plano pra secretamente tornar-se parte da ordem.


Eu adoro quando uma frase, ou passagem do livro, pode nos remeter a fatos reais da nossa própria vida. No livro, Frankie questiona por que as pessoas precisam passar no meio da grama, pra economizar algumas passadas, quando existe um meio fio (passarela, calçada) própria para isso?
 E eu sempre me questionei também! Toda vez que eu chego em casa, agora, me lembro da Frankie!
 
 Recomendo!